PT oficializa chapa ao Governo de MS e diz que espera visita de Lula em setembro

Partido lembrou eleição de 98, quando tinha nome de Coxim como vice de Zeca
| 05/08/2022
- 15:28
candidatura
Abílio e Giselle Marques formam a chapa do PT ao Governo de MS. (Foto: Karina Campos / Midiamax)

O diretório estadual do PT em Mato Grosso do Sul oficializou a chapa pura ao Governo do Estado com Giselle Marques e Abílio Vaneli para vice.

Na coletiva de imprensa, a candidata Giselle Marques anunciou que o partido já está se preparando para uma possível visita do presidenciável Lula para o dia 15 de setembro.

"Eu estou muito preocupada com a do presidente Lula diante dos fatos que vêm acontecendo e então eu prefiro que ele venha num momento em que a gente tenha conseguido já organizar um forte esquema de segurança", disse.

O presidente regional do PT, Vladimir Ferreira, confirmou que o processo de registro das candidaturas ocorrerá às 17h desta sexta-feira. "Concluiremos todo esse processo com a Convenção da Federação Brasil Esperança, que é composta pelo PT, PC do B e PV. Serão os partidos que irão dar sustentação para a candidatura da Gisele e do Thiago e que irão compor as nossas chapas proporcionais".

Vice se diz honrado

A escolha do vice de Coxim se deu em razão da "força política" de Abílio na região norte de MS, segundo o PT. O agora candidato reforçou que será "uma honra reforçar o time do presidente Lula aqui no Mato Grosso do Sul".

Ele relembrou também a eleição em que Zeca se elegeu em 98 com um vice de Coxim. "Ali são bons sinais e nós vamos sair dessa luta em busca do e vencer essa eleição no Mato Grosso do Sul"

Veja também

Duas cidades de MS funcionam como local de votação em trânsito para eleitores

Últimas notícias