Ao lado de filiados, PT confirma Gisele Marques como pré-candidata ao governo em MS

O PT também apresentou Tiago Botelho, coordenador do curso de Direito da UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) em Dourados. Como candidato ao Senado
| 12/04/2022
- 17:03
PT
PT apresenta Gisele Marques e Tiago Botelho como candidatos ao governo e ao senado. Foto: Leonardo de França | Midiamax.

Os advogados Gisele Marques e Botelho são – respectivamente – os pré-candidatos do PT ao governo do Estado e ao Senado da República. O anúncio foi feito nesta terça-feira (12) na sede do Diretório Estadual do partido, localizado na rua das Garças, em Campo Grande, e contou com a presença do deputado federal Vander Loubet, do deputado estadual Pedro Kemp, do presidente da sigla no Estado, Vladimir Ferreira e dos vereadores Ayrton Araújo e Camila Jara, além de dezenas de filiados.

A advogada Gisele Marques, que ano passado disputou as eleições para a presidente da OAB-MS (Ordem dos Advogados do em Mato Grosso do Sul), destacou que recebeu com honra o desafio de ser candidata a governadora do Estado. O ex-governador Zeca do PT, que até então era o número um do partido na disputa, disse “não” ao pleito eleitoral, abrindo o horizonte político para a advogada Gisele Marques, que fez um discurso ponderado, mas deixou claro que está pronta para a disputa.

Gisele Marques é doutora em Direito e pós-doutora em Meio Ambiente. Ela leciona em um Programa de Mestrado e Doutorado em Meio Ambiente e Desenvolvimento Regional, e tem dedicado sua vida, desde o ano de 2002, quando foi Gerente de Licenciamento Ambiental durante o governo do Zeca do PT, ao estudo da vocação ecológico-econômica de cada região de Mato Grosso do Sul. Com essas credenciais, Gisele Marques deixou claro que se sente preparada para governar o Estado onde ela nasceu, cresceu, e vive com a família.

E quando se lembra do governo Lula, Gisele Marques disse que quer contribuir para que as pessoas voltem a ter três refeições por dia em Mato Grosso do Sul. “Os programas sociais Bolsa Escola, Bolsa Família, dentre outros, nasceram aqui em Mato Grosso do Sul, durante o governo do PT. Lula buscou reproduzir essas políticas ao nível nacional. Vou governar junto com o Lula. É um absurdo que no Estado líder da agricultura e pecuária, as pessoas estejam passando fome. Quem ainda consegue comer carne no Mato Grosso do Sul?”, questionou Gisele Marques.

PT confirma advogado doutor para a disputa no Senado

Para o senado, o advogado e coordenador do curso de Direito da UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) em Dourados, Tiago Botelho, que é doutor em Direito Sociombiental e Sustentabilidade e doutorando em Democracia no Século XXI, será o candidato. As demais candidaturas para deputado federal e estadual serão apresentadas em outro “momento”. No diretório estadual do PT, o que se dizia era que o dia era voltado para as candidaturas ao governo do Estado e Senado da República.

Veja também

Foram cinco votos contrários ao pedido de cassação e três favoráveis

Últimas notícias