Após protesto, Câmara aprova emenda e UPA Vet segue 24h em Campo Grande

Os defensores da causa animal realizaram uma manifestação pacífica contra possíveis alterações no projeto
| 31/05/2022
- 12:43
Unanimidade
Foto: Marcos Ermínio/Midiamax.

Por unanimidade, a Câmara Municipal de Campo Grande aprovou a emenda supressiva ao de lei da UPA (Unidade de Pronto Atendimento) veterinária. Na manhã desta terça-feira (31), defensores da causa animal realizaram uma manifestação na Casa de Leis.

O projeto da UPA Vet já tinha sido aprovado desde 2015, mas voltou agora do Executivo com alterações para retirada dos artigos 1, 2 e 3 do Projeto de Lei, referente ao atendimento 24h, o centro cirúrgico e atendimento de equinos.

De acordo com os manifestantes, as alterações pretendiam tirar o centro cirúrgico da UPA, que ainda nem foi construída. Também pedia a exclusão de cavalos, jumentos, mulas e o atendimento 24h.

“O Poder não pode se negar a fazer atendimento. A mudança de não atender 24h não é cabível e nem a retirada do centro cirúrgico. A emergência é importante para os humanos e para os animais. Isso pode ser feito no futuro, mas não podemos tirar a competência do Poder público de cuidar dos animais”, disse o vereador André Luís (Rede).

André ainda explica que os vereadores pretendem se reunir com a Prefeita Adriane Lopes (Patriota) para conversarem sobre o projeto, mas adianta que nada que atrapalhe a saúde animal será aprovado na Câmara.

“Vamos ter a conversa com a prefeita, mas dificilmente uma alteração que vai prejudicar os animais vai passar aqui. É sempre bom o legislativo ter uma boa conversa com o executivo”, explicou.

Veja também

Evento têm a presença confirmada de Simone Tebet, Ciro Gomes, Jair Bolsonaro e Luiz Inácio Lula da Silva

Últimas notícias