Morre aos 85 anos, o ex-deputado federal por MS, Juarez Marques Batista

Natural de Amambaí, se formou em Direito pela antiga FUCMT em 1970 e um ano depois recebeu a carteira OAB/MS 843
| 09/02/2022
- 01:46
Ex-deputado federal
Ex-deputado federal, Juarez Marques Batista

A OAB-MS (Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional Mato Grosso do Sul) emitiu nota em que lamenta o falecimento do advogado e ex-, Juarez Marques Batista, aos 85 anos. 

Natural de Amambaí, se formou em pela antiga FUCMT em 1970 e um ano depois recebeu a carteira OAB/MS 843. Na OAB/MS, foi presidente e membro de comissões. Foi bancário, contador e em 1988 assumiu o mandato de deputado federal como suplente na vaga do deputado Plínio Martins. 

O presidente da OAB/MS, Bitto Pereira, lamentou o falecimento do colega. “Doutor Juarez Marques Batista teve uma história de serviços prestados à OAB/MS e advocacia sul-mato-grossense, especialmente na pauta de prerrogativas, tendo sido Presidente da CDA (Comissão de Defesa e Assistência das Prerrogativas dos Advogados). Nossos sentimentos aos familiares e amigos”.  Ainda não há informações sobre o velório e o sepultamento. 

Carreira política
Suplências e Efetivações:

Assumiu, como Suplente, o mandato de Deputado Federal para a legislatura 1987-1991, de 6 de outubro de 1988 a 4 de abril de 1989, na vaga do Dep. Plínio Martins, e de 12 de setembro a 22 de dezembro de 1989, na vaga do Dep. Juarez M. Batista.

Atividades Partidárias:

Presidente, Diretório Municipal do MDB de Campo Grande, 1969-1976; Delegado, Convenção Nacional do MDB; Segundo-Vice-Presidente, Diretório Regional do MDB, 1976-1980; Fundador, MDB; Secretário-Geral, Diretório Regional do PMDB; Segundo-Vice-Presidente, Diretório Regional do PMDB; Delegado, Convenção Nacional do PMDB; Fundador, PSDB, 1988..

Atividades Profissionais e Cargos Públicos:

Bancário; Presidente, Comissão Geral Coordenadora para a Fundação da UFMT, 1968-1969; Secretário de Justiça, MS, 1983-1986..

Estudos e Cursos Diversos:

Contabilidade, Ponta Porã, 1959-1961; Direito, FUCMT, Campo Grande, 1966-1970..

Veja também

Eles tiveram o pedido negado pela 1ª instância da Justiça Federal

Últimas notícias