Hospitais de Campo Grande poderão ser obrigados a emitir boletim diário sobre estado de pacientes

Hospitais públicos e privados terão obrigatoriedade prevista em projeto de lei
| 28/07/2022
- 13:52
hospitais
Foto: Ilustrativa | Freepik.

Em Campo Grande, hospitais públicos e privados poderão ser obrigados a emitir boletim diário sobre o estado de saúde de pacientes internados. A medida é instituída pelo projeto de lei nº 10.730/22.

A proposta foi protocolada na Câmara Municipal. A medida também será obrigatória para hospitais de campanha.

As instituições deverão disponibilizar aos familiares ou responsáveis, boletim diário a respeito do estado de saúde e das condições de tratamento do paciente internado em leitos, CTI (Centros de Tratamento Intensivo) ou UTI (Unidade de Tratamento Intensivo).

No momento de entrada do paciente, o formulário deverá ter ao menos um contato de familiar ou responsável para disponibilização do boletim diário. Deverá ser realizada a busca ativa por assistente social da unidade hospitalar quando o paciente não conseguir informar o contato de um familiar.

Como hospitais devem informar

Conforme o texto, as informações deverão ser enviadas ao final de cada dia. O boletim deve ser enviado “via aplicativo de mensagem em formato de áudio, possibilitando a recepção das comunicações por pessoas que tenham dificuldade com leitura”.

Autor do projeto, o vereador Ronilço Guerreiro (Podemos) justifica que a medida deve auxiliar os familiares, já que “os horários de são restritos e nem sempre coincidem com a disponibilidade de um médico ou enfermeiro que possa explicar adequadamente a situação do paciente”.

Veja também

A participação feminina aumentou em relação às eleições de 2018 para os mesmos cargos em 3% em 2022

Últimas notícias