Federados com PT querem garantir palanque para Lula em MS e chapa forte para as proporcionais

Federados do PT, PV e PC do B fazem primeira reunião estadual na manhã desta quinta-feira e estabelecem agenda
| 14/04/2022
- 15:17
Federados
Federados Marcelo Bluma, Iara Gutierrez e Vladimir Ferreira. Foto: Divulgação

Recém-federados, PT, PV e PC do B iniciaram nesta quinta-feira (14), em Campo Grande, os diálogos visando às composições das chapas majoritárias e proporcionais para as eleições de outubro deste ano. Vladimir Ferreira (PT), Marcelo Bluma (PV) e Iara Gutierrez (PC do B) já estabeleceram uma rotina de reuniões para discutir os encaminhamentos das três siglas, que vão caminhar juntas pelos próximos quatro anos.

O presidente do PT em Mato Grosso do Sul, Vladimir Ferreira, informou que a reunião desta quinta-feira (14) — marcando o feriadão da Páscoa — foi o início da construção da unidade da federação. “O objetivo agora é construir boas chapas para conquistarmos o maior número possível de cadeiras na Assembleia Legislativa, Câmara do Deputados e Senado da República”, disse Vladimir Ferreira, que vai passar a Páscoa com a família, mas o celular ficará ligado para tratar de encaminhamentos mais urgentes que possam surgir.

Federados querem palanque para Lula em MS

O presidente do PV, Marcelo Bluma, confirmou que as conversas entre os federados começaram e o primeiro diálogo foi marcado pela tranquilidade e confiança entre os três partidos. Logo de início, Bluma foi direto ao ponto e já disse que a federação vai garantir um palanque importante para a candidatura do ex-presidente . “A federação entre PV, PC do B e PT também vai fortalecer a candidatura ao governo do Estado em Mato Grosso do Sul. Queremos fazer uma expressiva bancada para a assembleia legislativa e para a câmara dos deputados”, destacou Marcelo Bluma.

Já em relação à chapa majoritária, Bluma explicou que os três partidos iniciaram a conversa para chegar a um consenso sobre os nomes que serão os candidatos ao governo, vice e senado federal. A partir de agora, os presidentes dos três partidos terão uma agenda de reuniões semanais para dar encaminhamento às demandas da federação no Estado. De acordo com Bluma, a primeira reunião de trabalho será feita na semana após o feriado de Tiradentes, no dia 26 deste mês, quando serão levantados os conflitos a serem consensuados, além da definição das prioridades para serem resolvidas.

Veja também

Partido ainda não conseguiu nomes para concorrer a deputado federal

Últimas notícias