Famasul solicita a Reinaldo redução da alíquota do ICMS no transporte de bovinos em MS

Famasul encaminhou ofício ao governador Reinaldo Azambuja (PSDB)
| 29/04/2022
- 09:16
Famasul pede pela redução na alíquota do ICMS no transporte interestadual de bovinos
Famasul pede pela redução na alíquota do ICMS no transporte interestadual de bovinos - Arquivo

Ofício elaborado pela Famasul (Federação da e Pecuária de Mato Grosso do Sul) e encaminhado ao governador (PSDB) pede pela redução da alíquota do ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) para o trânsito interestadual de bovinos no Estado.

Conforme o documento ao qual o Jornal Midiamax teve acesso, a solicitação deve-se aos aumentos sucessivos nos custos de produção, devido a diversos fatores como combustível e insumos.

Ainda segundo o ofício, na tentativa de amenizar o impacto, a Famasul pede pela redução da alíquota do ICMS para o trânsito interestadual de bovinos no Estado.

O ofício foi encaminhado ao governador na última quinta-feira (28) e assinado pelo presidente da Famasul, Marcelo Betoni.

Aumentos

Em consulta ao site da ANP (Agência Nacional do Petróleo), o preço do litro do óleo diesel mais caro encontrado no Estado é de R$ 6,93 em Três Lagoas. Em Corumbá, o custo do combustível é de R$ 6,90. Já em Ponta Porã, é possível encontrar o diesel por R$ 6,63.

O litro tem custo mais barato em Campo Grande, a R$ 6,65, e em Dourados, onde pode ser encontrado a R$ 6,61.

Sobre os insumos, a escalada dos preços foi a principal responsável pelo aumento dos custos de produção da agropecuária no ano passado. O fertilizante, por exemplo, subiu mais de 100% de janeiro a setembro de 2021, em razão da alta demanda, escassez da oferta mundial, elevação dos preços internacionais e problemas logísticos.

Veja também

Partido lançará candidatos apenas para chapa proporcional e não formalizou nenhum apoio no MS

Últimas notícias