Tereza Cristina avisa que estará ao lado de quem der palanque para Bolsonaro

Ex-ministra participou de evento em Campo Grande nesta segunda-feira
| 18/04/2022
- 11:32
Tereza Cristina
Ex-ministra Tereza Cristina ao lado da prefeita de Campo Grande, Adriane Lopes, e outros prefeitos de MS, em evento nesta segunda-feira (18). - (Foto: Nathália Alcântara, Jornal Midiamax).

A Tereza Cristina (PP-MS), pré-candidata ao Senado, avisou que vai ficar do lado de quem der palanque para o presidente Jair Bolsonaro (PL), em Mato Grosso do Sul. A ex-ministra da participa de evento em Campo Grande, nesta segunda-feira (18).

A afirmação dela vem depois de o governador Reinaldo Azambuja (PSDB), com quem Tereza Cristina tem aproximação política no Estado, falar que o palanque de Eduardo Riedel (PSDB) pode puxar apoio à candidatura de Ciro Gomes, para presidente da República.

Minimizando a situação, Reinaldo disse, na ocasião, que o mesmo ocorreu em 2018, quando seu partido apoiou Geraldo Alckmin (ex-PSDB, hoje no PSB) e também Jair Bolsonaro.

Tereza Cristina reafirma posição

No entanto, a declaração dele levantou dúvidas a respeito de como os acordos nacionais podem atingir a aproximação do PP de MS e a campanha de Riedel, pré-candidato ao governo estadual, uma vez que a ex-ministra é fiel aliada do atual mandatário do País.

Indagada sobre deixar de fora o PSDB de seu palanque, a deputada federal afirmou novamente que seu apoio é do presidente, pré-candidato à reeleição. "O meu palanque é dele, eu estarei ao lado de quem der palanque a Bolsonaro. Quem der palanque ao Bolsonaro será bem vindo”.

Veja também

Últimas notícias