Em Brasília, Adriane Lopes se reúne com embaixador da Irlanda e discute Parque Tecnológico

Adriane participou do encontro no Palácio do Itamaraty
| 28/07/2022
- 17:04
adriane
Foto: Jessen Peixoto

Nesta quinta-feira (28), a prefeita de Campo Grande, Adriane Lopes, cumpriu agenda em Brasília. Em reunião com o embaixador da Irlanda no , Seán Hoy, ela apresentou o projeto do Parque Tecnológico e de Inovação da Capital.

O encontro aconteceu no Palácio do Itamaraty – sede do Ministério das Relações Exteriores. O projeto da Capital ficará localizado na Esplanada Ferroviária.

Adriane foi acompanhada pela subsecretária de Gestão e Projetos Estratégicos, Catiana Sabadin. Segundo a prefeita, essa possível parceria entre a Irlanda e Campo Grande é uma oportunidade para conhecer mais de perto a experiência irlandesa em inovação tecnológica.

Referência mundial, Dublin agrupa sedes de empresas como Google, Facebook e Linkedln e é considerada o vale do silício da Europa. A prefeita também visitou São José dos Campos para conhecer o Parque Tecnológico da cidade do interior paulista.

“Vamos buscar experiências bem-sucedidas e adaptá-las à realidade local . É uma fase de aprendizado fundamental para a construção de um modelo de parque tecnológico que seja uma ferramenta de desenvolvimento para nossa cidade”, explicou a prefeita.

Investimentos

Conforme a prefeitura, já foram assegurados junto à Finepe (Financiadora de Estudos e Projetos) R$ 7 milhões para custear a fase inicial de implantação do Parque Tecnológico e de Inovação. A captação foi aprovada 6 meses após o projeto ser apresentado a Financiadora, empresa pública vinculada ao Ministério da Ciência e Tecnologia.

O parque tem investimento total de R$ 91.492.702,89. O valor será utilizado para restauração do Complexo de Rotunda da Ferrovia, criação de um Interativo sobre a Ferrovia Noroeste do Brasil com imagens, textos e instalações multimídias.

A prefeitura informou que processo de licitação para reforma de duas incubadoras (Mário Covas e Santa Emília) já está em andamento, com investimento previsto de R$ 1,6 milhão. As incubadoras serão adaptadas também para funcionar como Hubs de Inovação, que serão integrados ao Parque Tecnológico.

Veja também

Seis pessoas ligadas às empresas também foram condenadas a pagar multa

Últimas notícias