Tostão contra o milhão: Capitão Contar diz que fará campanha humilde com palanque para Bolsonaro

Pré-candidato ao Governo de MS participou de evento no CMO
| 19/04/2022
- 11:30
Deputado estadual Capitão Contar, manifestou apoio aos policiais do Choque
Deputado estadual Capitão Contar, manifestou apoio aos policiais do Choque - Marcos Ermínio

ao Governo do Estado de Mato Grosso do Sul, o deputado estadual Capitão Contar (PRTB) disse nesta terça-feira (19) que vai dar palanque para o presidente Jair Bolsonaro e que pretende fazer uma campanha economicamente mais modesta em comparação com os demais. 

Ele até citou o lema do “tostão contra o milhão”, usado por Jânio Quadros na disputa pela prefeitura de nos anos 50. A frase faz alusão a um concorrente disputando contra outros com maior poder aquisitivo, a exemplo de Davi e Golias, guardadas as devidas proporções.

“É aquela questão do tostão contra o milhão. A gente vê campanhas multimilionárias acontecendo em nosso estado, e eu vou estar fazendo uma campanha com muita humildade, no boca a boca, trazendo essa esperança de renovação, para que a gente possa mudar esse ciclo de figuras carimbadas que vemos na política de nosso estado”, disse.

Neste sentido, vai apostar na persistência, como fez quando foi eleito pela primeira vez. "Em 2018, muitas pessoas disseram que eu não teria chance alguma, e fui o deputado estadual mais votado da história de Mato Grosso do Sul. Sinto que essa história vai se repetir novamente, o povo sul-mato-grossense quer renovação, quer mudança, quer ares de esperança e espero poder contribuir com esse projeto", afirmou.

Sobre apoio ao presidente, o Capitão Contar garantiu que vai dar palanque a Bolsonaro. “Com certeza vai ter palanque aqui no Mato Grosso do Sul. O povo sul-mato-grossense é legítimo apoiador do presidente Bolsonaro. Somos um estado conservador, voltado para valores familiares e cristãos e onde o presidente encontra uma casa segura, um estado que o apoia”.

Polêmicas

Questionado sobre as recentes polêmicas envolvendo o vazamento de áudios da cúpula do Exército Brasileiro, além das polêmicas compras de próteses penianas, similares do viagra e lubrificante íntimo por parte dos militares, o Capitão Contar se resguardou. Ele disse apenas que o Exército é uma instituição importante para garantir a soberania do país, constituída por homens e mulheres de honra e que não há nada que a desabone.

Condecoração do Capitão Contar

Militar de ofício, o Capitão Contar esteve na manhã desta terça no CMO (Comando Militar do Oeste) para participar de um evento em comemoração ao Dia do Exército Brasileiro. Na oportunidade, ele foi condecorado juntamente com outros 46 militares.

Veja também

Procuradoria-Geral de Maracaju afirma que aguardam notificação judicial sobre a condenação de Rogério Bezerra, preso por homicídio

Últimas notícias