Calendário eleitoral de 2022: com fim da janela partidária, confira qual próximo prazo

Calendário eleitoral de 2022 tem restrição para reajuste salarial
| 02/04/2022
- 10:53
Contas do TRE-MS
TRE-MS; imagem ilustrativa; calendário eleitoral tem próxima data importante dia 5 de abril. - (Foto: Divulgação, Arquivo).

Uma das principais datas do calendário eleitoral de 2022, que é a , terminou na sexta-feira (1º). Agora, o próximo prazo começa na terça-feira (4), período em que fica proibida a revisão salarial dos servidores públicos que ultrapasse a recomposição da perda inflacionária.

A restrição segue até a data de posse dos eleitos em 2022, que será em janeiro de 2023.

Na terça-feira, será também o último dia para diretórios nacionais dos partidos públicos ou da federação publicar, no Diário Oficial da União, normas para substituição de candidatos. Além disso, é também o último dia para a formação de coligações.

Nesse sentido, documento deve ser encaminhado para o TSE (Tribunal Superior Eleitoral) antes da realização das convenções, 'para fins de divulgação no sítio eletrônico da Eleitoral', de acordo com calendário disponibilizado pela Justiça Eleitoral.

Dia 5 de abril de 2022 representa 180 dias antes das eleições. Neste ano, eleitores brasileiros vão às urnas em 2 de outubro, para escolherem presidente, governador, senador, deputado estadual e deputado federal.

Calendário eleitoral de 2022

Além da janela partidária ter acabado na sexta-feira (1º), acabou o prazo para prefeitos, governadores, presidente (com exceção dos que pretendem reeleição), secretários, diretores de autarquias e órgãos públicos, entre outros, com intenção em concorrer a cargos diversos, se desincompatibilizarem.

Confira aqui os prazos para as respectivas funções.

Veja também

Senadores de Mato Grosso do Sul votaram a favor da PEC (Proposta de Emenda à...

Últimas notícias