Política

Sem vaga em hospitais, vereador adapta leito e interna mãe em casa em Campo Grande

Situação crítica da pandemia foi comentada na Câmara Municipal

Mayara Bueno Publicado em 08/06/2021, às 11h51

Vereadores durante sessão virtual, adotada por causa da pandemia de coronavírus, nesta terça-feira (8)
Vereadores durante sessão virtual, adotada por causa da pandemia de coronavírus, nesta terça-feira (8) - (Foto: Reprodução/Facebook)

O vereador Valdir Gomes (PSD) relatou, durante a sessão desta terça-feira (8) na Câmara Municipal de Campo Grande, que sua mãe está internada em casa, com Covid-19. "Não tem vaga em hospitais, tive de montar tudo em casa". Segundo o parlamentar, outras quatro pessoas de sua família estão em tratamento contra a doença, algumas internadas em instituições de saúde.

"Tive que montar em casa, UTI [unidade de terapia intensiva], junto com o Dr. Sandro [médico, vereador pelo Patriota]. Infelizmente a gente tem lutado para o comércio continuar, mas as pessoas não respeitam", desabafou. Ele conta que sempre recebe vídeo e fotos de lugares com aglomerações: "imensas festas".

Para ele, pelo que se vê, 'ninguém está respeitando mais nada', e, inclusive, achando que a pandemia acabou. Mato Grosso do Sul, hoje, está com a saúde em colapso e é o terceiro estado do Brasil com a maior fila de espera por leito de UTI. São 251 pessoas infectadas pelo vírus, com necessidande de terapia intensiva, aguardando vaga.

Valdir Gomes disse que a mãe está 'internada' em casa. "Com médico, enfermeiro. Tenho certeza que estaremos fora disso em breve. Mas fica meu depoimento e alerta. Não saimos de casa e a doença veio em casa".

Em seguida, a vereadora Camila Jara (PT) começou o discurso perguntando, 'para quem a pandemia está estável'. A indagação é referente às falas do prefeito Marquinhos Trad (PSD), de que a crise sanitária estaria estabilizada em Campo Grande.

"São 130 famílias aguardando leitos na Capital. Ontem o secretário de Saúde de Mato Grosso do Sul, Geraldo Resende, afirmou que a situação está em colapso, enquanto o prefeito diz que estabilizou. Está mentindo e faltando com responsabilidade".

A parlamentar acrescentou que, 'graças a Deus, com a ajuda do Dr. Sandro e pelas condições financeiras', o vereador Valdir Gomes conseguiu montar estrutura hospitalar para a mãe conseguir se tratar. "Mas os campo-grandenses que estão esperando por um leito, não têm".

Jornal Midiamax