Política

Professor indígena recebe prêmio ambiental da Câmara de Dourados

Além da entrega do Prêmio Coração Verde, vereadores aprovaram 19 projetos

Marcos Morandi Publicado em 28/09/2021, às 10h13

Indígena foi reconhecido pelo trabalho desenvolvido nas aldeias de Dourados
Indígena foi reconhecido pelo trabalho desenvolvido nas aldeias de Dourados - Valdenir Rodrigues

O professor indígena da etnia guarani, Cajetano Vera, foi homenageado nesta segunda-feira (27) pela Câmara de Vereadores de Dourados. Ele recebeu o Prêmio Coração Verde, que anualmente homenageia pessoas físicas e jurídicas que tenham trabalhos voltados à prevenção do meio ambiente no município.

“O slogan que a gente usa na aldeia é ‘Tudo pela aldeia de Dourados’. É pesado, mas muito edificante, o resultado é bacana. Sempre tenho comigo que um profissional, onde estiver, tem que fazer o melhor de si, de maneira que a sociedade na qual ele está inserido possa se sentir bem. Muito obrigado pela homenagem”, agradeceu o professor.

Entre os 19 projetos aprovados pelos parlamentares na sessão desta segunda-feira está um de autoria do Executivo, que institui programa de regularização de edificações em imóveis no município.

Jornal Midiamax