Dória visita MS em campanha para se viabilizar candidato do PSDB à presidência em 2022

Governador de São Paulo desembarca em Campo Grande na sexta-feira (9) e se reúne com lideranças tucanas do Estado no sábado (10)
| 06/07/2021
- 23:07
Dória visita MS em campanha para se viabilizar candidato do PSDB à presidência em 2022
Governador de São Paulo João Dória, do PSDB - Divulgação/Governo de São Paulo

O governador de São Paulo (PSDB) desembarca em Campo Grande, nesta sexta-feira (9), para agendas com correligionários de Mato Grosso do Sul. O gestor paulista vai usar a visita para fazer campanha de olho nas prévias do partido, que, em novembro, deve decidir quem será o candidato tucano à presidência em 2022.

A programação inicial indica que Dória vai chegar em Campo Grande por volta das 16h. O governador de São Paulo, então, seguirá para a sede do diretório estadual do PSDB, onde vai conceder entrevista coletiva.

No dia seguinte, sábado (10), João Dória retorna ao diretório para se encontrar com lideranças estaduais tucanas e apresentar seus planos para disputar o Planalto em 2022.

“Ele vem para as prévias do PSDB, vai tentar fazer o convencimento da executiva estadual de que pode ser o candidato à presidência”, disse o vereador de Campo Grande Professor Juari (PSDB), que conseguiu aprovar, hoje (6), a concessão do título de visitante ilustre ao governador paulista pela .

A tendência é que o governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite (PSDB), também visite Mato Grosso do Sul a fim de se viabilizar candidato à presidência nas eleições do ano que vem. A agenda, porém, ainda não tem data prevista.

Dória e Leite são os nomes mais cotados entre as opções tucanas para a corrida presidencial de 2022. Também há correntes dentro do partido, majoritariamente ligadas ao deputado federal Aécio Neves (PSDB-MG), que preferem canalizar os recursos dos fundos de financiamento de campanha em candidaturas ao Legislativo e governos estaduais, portanto, abrindo mão de lançar nome próprio ao Palácio do Planalto.

Veja também

Vereadores votaram parecer durante a sessão extraordinária realizada nesta terça-feira (05)

Últimas notícias