Política

Doação de área do assentamento em Sonora vai beneficiar 215 moradores

Com nomes nas escrituras, agricultores não podem vender o local no período de 10 anos

Renata Volpe Publicado em 24/09/2021, às 08h47

Assentamento está localizado em Sonora
Assentamento está localizado em Sonora - Divulgação

A doação da área do assentamento Carlos Roberto Soares de Mello, em Sonora, vai beneficiar 215 moradores do local, de acordo com a lei sancionada no Diário Oficial do Estado, desta sexta-feira (24).

A área tem 6.253 hectares e 215 famílias, que trabalham e vivem do cultivo da terra, terão seus nomes nas escrituras. O local foi comprado pelo governo e destinado à criação de um assentamento. 

Em 28 de dezembro de 2005, o Estado firmou convênio com o Ministério do Desenvolvimento Agrário para implementar políticas públicas e regularização fundiária em alguns projetos de assentamento de propriedade do Estado, incluindo o assentamento de Sonora.

Assim, com a sanção, os moradores não poderão vender o local pelo prazo de 10 anos e a área deve servir de cultivo para os pequenos produtores.

Jornal Midiamax