Política

Decreto de calamidade pública devido à Covid-19 é prorrogado em Campo Grande e mais 10 municípios de MS

Decretos terão validade até 31 de dezembro deste ano

Renata Volpe Publicado em 19/07/2021, às 11h03

Alems prorrogou decreto de calamidade pública
Alems prorrogou decreto de calamidade pública - Divulgação

Campo Grande e mais dez municípios de Mato Grosso do Sul tiveram o decreto de calamidade pública prorrogado até 31 de dezembro, devido à pandemia da Covid-19.

A Mesa Diretora da Alems (Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul) publicou no Diário Oficial da Casa de Leis, decretos legislativos que prorrogam o reconhecimento da situação excepcional em Campo Grande, Laguna Carapã, Rio Brilhante, Douradina, Ladário, Selvíria, Deodápolis, Três Lagoas, Batayporã, Pedro Gomes e Jardim.

Os prefeitos encaminharam pedido de prorrogação à Casa de Leis. A Mesa Diretora elaborou os decretos, que passaram pela CCJR (Comissão de Constituição, Justiça e Redação) e, depois, pela votação dos deputados estaduais. 

O reconhecimento do estado de calamidade pública possibilita aos gestores municipais a destinação de recursos para atender às demandas emergenciais durante a pandemia sem descumprirem a Lei Complementar 101/2000, a LRF (Lei de Responsabilidade Fiscal). Isso é fundamental para os municípios em momento de crise.

Com assessoria.

Jornal Midiamax