Política

Câmara de Campo Grande vota projeto que aumenta prazo para regularizar dívidas da habitação

Se aprovado aumento, prazo de renegociação passa para 36 meses

Mayara Bueno Publicado em 08/06/2021, às 07h54

Vereadores durante sessão virtual, adotada por causa da pandemia de coronavírus
Vereadores durante sessão virtual, adotada por causa da pandemia de coronavírus - (Foto: Reprodução/Facebook)

Está na pauta de votação da Câmara Municipal de Campo Grande, projeto de lei que aumenta o prazo para regularização de dívidas do Programa Viver Bem Morena com descontos.. 

Segundo a Casa de Leis, a proposta que passará por turno único de discussão e votação, em regime de urgência, altera a Lei Complementar n. 369, de 12 de dezembro de 2019, que institui regras mais benéficas de refinanciamento das dívidas. Com a mudança, o prazo, que antes era de 18 meses, passará para 36 meses.

“Ocorre que, com o advento da pandemia do novo coronavírus, que atingiu todos os países, com implantação de lockdown, toque de recolher, dentre outras medidas de prevenção, a situação financeira de todo o país foi atingida, o que impossibilitou a realização e acesso aos descontos”, apontou a Prefeitura de Campo Grande.

Jornal Midiamax