Câmara analisa projetos sobre nome de campo de futebol e combate às fake news

São 8 propostas pautadas na sessão desta quinta-feira (9)
| 09/12/2021
- 11:12
Vereadores durante sessão na Câmara Municipal de Campo Grande
Vereadores durante sessão na Câmara Municipal de Campo Grande - (Foto: Marcos Ermínio, Jornal Midiamax)

Os vereadores de Campo Grande têm pauta com 8 projetos de lei para votação nesta quinta-feira (9), durante sessão na Câmara Municipal, que pode ser acompanha de forma presencial ou pelas redes sociais a partir das 9h.

De acordo com a Casa de Leis, em segunda discussão e votação, os parlamentares analisam o projeto de lei n° 10.252/21, do vereador Otávio Trad (PSD), que denomina de “Anuar Salamene” o campo de futebol localizado no Bairro Mata do Jacinto. 

Também a proposta nº 10.323/21, que cria no calendário oficial do município a Festa de São João Batista, também de autoria do vereador Otávio Trad. O plenário também volta a discutir o projeto de Lei n° 10.248/21, dos vereadores Dr. Victor Rocha (PP) e Beto Avelar (PSD), que cria o Pipódromo no âmbito municipal e o programa educativo “Pipa Legal” nas escolas públicas e privadas da cidade

Ainda avaliam o projeto de Lei nº 10.200/21, de autoria do vereador Valdir Gomes (PSD), que institui o mês de conscientização, orientação e combate às fake news no calendário oficial do município.

E, por fim, os vereadores ainda votam o projeto de Lei nº 10.151/21, que dispõe sobre a instalação de câmeras de monitoramento de segurança nas escolas da Rede Municipal de Ensino e cercanias.

A proposta é assinada pelos vereadores (PSD), Dr. Loester (MDB), Silvio Pitu (DEM), (PTB), Betinho (Republicanos), Papy (SD), Carlos Augusto Borges (PSB), Valdir Gomes (PSD), Ronilço Guerreiro (Podemos), Professor Juari (DEM), Delei Pinheiro (PSD), Clodoilson Pires (Podemos), Ademir Santana (PSDB), Marcos Tabosa (PDT), Dr. Victor Rocha (PP), Beto Avelar (PSD) e Prof. André Luis (Rede). 

Já em primeira discussão e votação, segue para plenário o projeto de Lei nº 10.079/21, de autoria do vereador Ademir Santana, que autoriza o Poder Executivo a implantar o Samuvet.

Também, o projeto de Lei nº 10.053/21, do vereador Papy, que dispõe sobre a criação do Programa de Proteção à Saúde Bucal da Pessoa com Transtorno do Espectro Autista.

E, por fim, o projeto de Lei nº 10.056/21, que dispõe sobre a visita virtual, por meio de chamadas telefônicas ou videochamadas, de familiares aos pacientes internados na rede de atenção à saúde pública e privada com diagnóstico de covid-19 – “Lei Paulo Roberto Canini”. A proposta é assinada pelo vereador Júnior Coringa.

Veja também

O partido também confirmou a pré-candidatura de Tiago Botelho na disputa ao Senado

Últimas notícias