Política

Após arrecadar 8 toneladas de alimentos, Câmara de Campo Grande destaca união em ação inédita

Representantes de entidades selecionadas foram à Casa de Leis para entrega simbólica de doação

Mayara Bueno e Marcos Ermínio Publicado em 26/05/2021, às 10h22

Vereadores e representantes de entidades na manhã desta quarta-feira (26), na Câmara Municipal de Campo Grande
Vereadores e representantes de entidades na manhã desta quarta-feira (26), na Câmara Municipal de Campo Grande - (Foto: Marcos Ermínio, Jornal Midiamax)

De forma simbólica, os alimentos arrecadados pela Câmara Municipal de Campo Grande foram entregues para 15 entidades sociais nesta quarta-feira (26). Os vereadores conseguiram juntar 8 toneladas ao longo desde ano e, segundo o presidente da Casa de Leis, vereador Carlão (PSB), as instituições que vão recebê-las foram escolhidas pela população. 

São elas: Projeto Som e Vida, Instituto Brasileiro de Inovações Pró-Sociedade Saudável Centro-Oeste, Associação de Apoio Social Clínica da Alam, Instituição Magna, Centro de Integração da Criança e do Adolescente, Associação Redentorista Filhos de Maria, Associação Amigos de Maria, Ativa/MS, Associação Crianças do Brasil em Campo Grande, Ministério Bíblico da Fé, Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais, Associação Anandamóyi, Clube das Mães Moreninha III, Associação Lar do Pequeno Assis e Associaçáo de Pais e Amigos do Autista de Campo Grande.

Vereador Professor André (Rede) entrega alimentos para epresentante de entidade

Nesta manhã, o presidente comentou que esta é a primeira ação deste tipo na Câmara Municipal. Em quase todas as sessões, Carlão mobilizava os vereadores, para que eles chamassem seus funcionários para contribuirem com o projeto. Ele espera que, a próxima atitude deste tipo, seja a arrecadação de agasalhos.

Houve a participaçãpo de funcionários, parlamentares, parceiros e empresários. "É uma ação de todos os amigos para amenizar um pouco a fome do povo que precisa. São quase 8 mil quilos de alimentos que serão entregues às entidades escolhidas pelo povo”, destacou o presidente da Câmara.

Jornal Midiamax