Política

Prefeito de Aparecida do Taboado ficará em isolamento após testar positivo para o coronavírus

Após serem diagnosticados com coronavírus na última sexta-feira (28), o prefeito de Aparecida do Taboado, José Robson Samara, e a primeira-dama, Lucilene Tábuas Carrasco, seguirão em isolamento domiciliar por dez dias. Nenhum deles precisou ser internado. Em nota, a prefeitura do município explicou que Lucilene Tábuas Carrasco, que também é secretária municipal de Assistência So...

Gabriel Neves Publicado em 30/08/2020, às 08h23 - Atualizado às 09h02

Prefeito José Robson Samara, e sua esposa, Lucilene Tábuas Carrasco testaram positivo para a Covid-19. (Foto: divulgação/assessoria)
Prefeito José Robson Samara, e sua esposa, Lucilene Tábuas Carrasco testaram positivo para a Covid-19. (Foto: divulgação/assessoria) - Prefeito José Robson Samara, e sua esposa, Lucilene Tábuas Carrasco testaram positivo para a Covid-19. (Foto: divulgação/assessoria)

Após serem diagnosticados com coronavírus na última sexta-feira (28), o prefeito de Aparecida do Taboado, José Robson Samara, e a primeira-dama, Lucilene Tábuas Carrasco, seguirão em isolamento domiciliar por dez dias. Nenhum deles precisou ser internado.

Em nota, a prefeitura do município explicou que Lucilene Tábuas Carrasco, que também é secretária municipal de Assistência Social, sentiu sintomas leves na sexta (28) e decidiu realizar o teste, que teve o resultado positivo para coronavírus.

O prefeito da cidade foi informado e então realizou um teste, onde também foi diagnosticado com a doença. Ambos fizeram tomografia na Santa Casa de Paranaíba e foram informados que não houve comprometimento de seus pulmões.

Com a confirmação da doença, os dois seguirão isolados pelos próximos dez dias.  Ainda na nota, divulgada no sábado (29), foi confirmado que o prefeito e secretária seguirão realizando seus serviços de forma remota.

Jornal Midiamax