Política

PMN lança chapa pura e indica Jeferson Bezerra como candidato em Dourados

O PMN (Partido da Mobilização Nacional) oficializou em convenção nesta quarta-feira (16),  a candidatura a prefeito do empresário Jeferson Bezerra à prefeitura de Dourados nas eleições deste ano. A legenda também escolheu Messias de Souza  para a vaga de vice-prefeito. O partido enfrenta o pleito com chapa pura, sem aliar-se a partidos de maior expressão […]

Marcos Morandi Publicado em 16/09/2020, às 23h04 - Atualizado às 23h34

Jeferson, à esquerda, e Messias, são os nomes indicados pelo PMN. (Divulgação).
Jeferson, à esquerda, e Messias, são os nomes indicados pelo PMN. (Divulgação). - Jeferson, à esquerda, e Messias, são os nomes indicados pelo PMN. (Divulgação).

O PMN (Partido da Mobilização Nacional) oficializou em convenção nesta quarta-feira (16),  a candidatura a prefeito do empresário Jeferson Bezerra à prefeitura de Dourados nas eleições deste ano. A legenda também escolheu Messias de Souza  para a vaga de vice-prefeito.

O partido enfrenta o pleito com chapa pura, sem aliar-se a partidos de maior expressão por entenderem seus dirigentes que as propostas para a cidade não são de acordo com os interesses da população.

As candidaturas de Jeferson, que é o presidente do diretório municipal,  como prefeito e de Messias como vice deverão ser registradas em cartório nos próximos dias e as propostas da dupla para administrar Dourados serão debatidas com a sociedade através das redes sociais e outras oportunidades de exposição das ideias candidatos.

“Não temos os recursos que os poderosos têm para enfrentar um embate eleitoral, mas temos o entendimento daquilo que é melhor para o povo simples e humilde como nós. Seremos o marco na campanha eleitoral de Dourados e conseguiremos levar nossas ideias para o povo avaliar e decidir pelo melhor para a cidade”, destacou o candidato.

A intenção dos candidatos do PMN é mostrar a verdade das demais candidaturas a prefeitura da cidade e quais os verdadeiros interesses por traz delas. “Vamos desmascarar as pessoas que não querem o bem de Dourados”, afirmou Jeferson.

Jornal Midiamax