Política

Em grupo de risco da pandemia, vereador deixa liderança de Délia na Câmara

A pandemia também faz estragos na política. É o que aconteceu na Câmara Municipal de vereadores de Dourados, uma vez que Bebeto (PTB), de longa experiência e considerado hábil, anunciou ontem o afastamento da função de líder do Executivo. A saída, segundo ele, está ligada ao fato de pertencer ao grupo de risco, já que […]

Marcos Morandi Publicado em 14/07/2020, às 07h00 - Atualizado às 07h35

Afastamento de Bebeto já foi comunicado à Délia. (Foto: Thiago Morais).
Afastamento de Bebeto já foi comunicado à Délia. (Foto: Thiago Morais). - Afastamento de Bebeto já foi comunicado à Délia. (Foto: Thiago Morais).

A pandemia também faz estragos na política. É o que aconteceu na Câmara Municipal de vereadores de Dourados, uma vez que Bebeto (PTB), de longa experiência e considerado hábil, anunciou ontem o afastamento da função de líder do Executivo.

A saída, segundo ele, está ligada ao fato de pertencer ao grupo de risco, já que está com 69 de idade. No ofício enviado à prefeita Délia e também no anúncio na Câmara, ele apontou como motivos,  questões de saúde.

Ainda segundo Bebeto,  o cargo “exige disponibilidade integral e presencial em diversos momentos sendo assim, inviável no momento a liderança no Legislativo”, ressaltando que a decisão não tem ligação com insatisfação no cargo e que continua a disposição de Délia.

“Comunico através deste o meu desligamento da condição de líder do Executivo da Câmara de Vereadores, por motivo de tratamento de saúde, considerando o momento de pandemia do covid-19 e o fato da minha condição de ser considerado do grupo de risco”, diz.

Bebeto assumiu a função de líder do Executivo na Casa de Leis no lugar do vereador Junior Rodrigues (PTB), em janeiro de 2019.

Jornal Midiamax