Política

Reinaldo e Passos se reunirão nesta terça para discutir resolução do MPMS

O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) e o PGJ (Procurador-Geral de Justiça), Paulo Cezar dos Passos, se reunirão nesta terça-feira (9) para discutir detalhes da resolução do MPMS (Ministério Público Estadual) que “disciplina” atuação de promotores em inquéritos civis. Reinaldo afirmou que apesar de não ter lido a resolução, considera a proposta um avanço. Em agenda […]

Aliny Mary Dias Publicado em 08/04/2019, às 17h58 - Atualizado às 18h07

Governador não compareceu ao evento para anúncio do nome do secretário. Foto. Arquivo
Governador não compareceu ao evento para anúncio do nome do secretário. Foto. Arquivo - Governador não compareceu ao evento para anúncio do nome do secretário. Foto. Arquivo

O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) e o PGJ (Procurador-Geral de Justiça), Paulo Cezar dos Passos, se reunirão nesta terça-feira (9) para discutir detalhes da resolução do MPMS (Ministério Público Estadual) que “disciplina” atuação de promotores em inquéritos civis. Reinaldo afirmou que apesar de não ter lido a resolução, considera a proposta um avanço.

Em agenda pública na tarde desta segunda-feira (8), Reinaldo afirmou que a resolução será discutida no encontro com Passos. “Eu acho um avanço, o que a gente questiona são os excessos e a questão midiática. A gente quer ser investigado, não tem problema nenhum’, disse o governador.

Reinaldo emendou “não é prerrogativa de foro, a gente quer um regramento, que você tenha segurança jurídica. O próprio Ministério Público reconheceu que precisava de uma normativa”.

Ainda de acordo com o governador, a expectativa é que diferente das críticas feitas à resolução, a medida dê celeridade e não morosidade nas investigações.

“A morosidade não é nossa, às vezes as investigações demandam tempo. Mas o que a gente precisa é celeridade. O próprio rito que eles estão buscando de encontrar conciliação eu acho que vai dar celeridade”, disse.

Jornal Midiamax