Prefeitura não é trampolim, diz Marquinhos em reunião com secretariado

Após duas baixas no mesmo dia, o prefeito Marquinhos Trad (PSD) está reunido com todo o secretariado neste momento e foi duro no recado à equipe dizendo que “a prefeitura não é trampolim para cargo político”. Na reunião, ele apresentou os dois novos integrantes de seu primeiro escalão: secretários de Saúde José Mauro e de […]
| 29/03/2019
- 22:02
Prefeitura não é trampolim, diz Marquinhos em reunião com secretariado
Prefeitura não é trampolim, diz Marquinhos em reunião com secretariado
Prefeito e vice apresentaram metas para o trimestre. Foto. Gabriel Gomes.

Após duas baixas no mesmo dia, o prefeito (PSD) está reunido com todo o secretariado neste momento e foi duro no recado à equipe dizendo que “a prefeitura não é trampolim para cargo político”. Na reunião, ele apresentou os dois novos integrantes de seu primeiro escalão: secretários de Saúde José Mauro e de Cultura Melissa Tamaciro.

“Quem quer ser candidato, deve sair nesse ano. Quem estiver querendo usar a prefeitura para trampolim, saia até dezembro porque senão eu vou tirar”, reiterou Marquinhos, ao lado da vice-prefeita Adriane Lopes. “A gente virou uma grande família e a vitória de um é a vitória de todos”, disse a vice.

Marquinhos lembrou que no início do mandato deixou claro qual seria o posicionamento. “Quando assumimos, deixamos claro que não temos nenhum compromisso com os secretários. A partir do momento que percebermos que o nosso cronograma não estivesse sendo cumprido, pediríamos para que eles saíssem”, detalhou.

Na reunião da tarde desta sexta-feira (29), o prefeito apresentou ao secretariado as metas para abril, maio e junho. O encontro, que ocorre a portas fechadas, teve acesso da imprensa permitido para registro de imagens.

Baixas

Sobre as saídas dos secretários de Saúde, Marcelo Vilela, e da titular da Sectur (Secretaria Municipal de Cultura e Turismo), Nilde Brum, Marquinhos comentou que assumir um cargo público é muito estressante. “Os dois eram quadros extremamente valorosos, honestos, corretos que não suportaram desgaste emocional e físico e fomos obrigados a escolher nomes”, disse.

Veja também

Últimas notícias