Política

Prefeito vai a Brasília ‘suplicar’ repasse para obra e pleitear recurso para hospital

O prefeito de Campo Grande, Marquinhos Trad (PSD), vai a Brasília nesta quarta-feira (dia 3). Na pauta, há reuniões no Ministério do Desenvolvimento Regional e Ministério da Saúde. De acordo com o chefe do Executivo municipal, às 15h30, o encontro será para discussão do repasse da obra da Avenida Ernesto Geisel, que abrange revitalização das […]

Mayara Bueno Publicado em 03/07/2019, às 08h57 - Atualizado às 12h49

Prefeito Marquinhos Trad em evento no Sebrae. (Marcos Ermínio, Jornal Midiamax, Arquivo).
Prefeito Marquinhos Trad em evento no Sebrae. (Marcos Ermínio, Jornal Midiamax, Arquivo). - Prefeito Marquinhos Trad em evento no Sebrae. (Marcos Ermínio, Jornal Midiamax, Arquivo).

O prefeito de Campo Grande, Marquinhos Trad (PSD), vai a Brasília nesta quarta-feira (dia 3). Na pauta, há reuniões no Ministério do Desenvolvimento Regional e Ministério da Saúde.

De acordo com o chefe do Executivo municipal, às 15h30, o encontro será para discussão do repasse da obra da Avenida Ernesto Geisel, que abrange revitalização das margens, ações de contenção de enchentes, ciclovias, entre outras intervenções.

O município afirma que o Ministério do Desenvolvimento não manda o recurso referente à quatro medições da obra – atraso de quatro meses. As duas empresas que atuam no canteiro continuam no local, mas a revitalização pode ser interrompida em breve, caso a situação não seja regularizada.

Antes disso, às 12h30, o prefeito se reúne com o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, para discutir a criação do hospital municipal de Campo Grande. O secretário da Sesau (Secretaria Municipal de Saúde), José Mauro Filho, também participará da reunião.

Também está na pauta da viagem a Brasília a defesa da cidade para ser sede, no próximo ano, do Congresso Nacional de Secretarias de Saúde. Segundo Marquinhos, o município tem condições de promover o evento, diante das melhorias adotadas na saúde de Campo Grande, como extensão do horário de atendimento em unidades básicas e criação da Clínica da Família, considerada referências no setor do País.

Jornal Midiamax