Política

Por 9 a 2, Câmara deixa ex-prefeita inelegível por oito anos

A ex-prefeita de Itaquiraí, cidade a 404 quilômetros de Campo Grande, Sandra Cardoso Martins Cassone (MDB) ficou inelegível pelos próximos oito anos. A Câmara de Vereadores da cidade rejeitou nesta segunda-feira (02), as contas da ex-prefeita referente ao exercício de 2012, último ano do mandato da ex-prefeita. Sandra ficou à frente do Município por dois […]

Diego Alves Publicado em 03/09/2019, às 23h29 - Atualizado em 04/09/2019, às 08h30

Foto: Roney Minella Júnior
Foto: Roney Minella Júnior - Foto: Roney Minella Júnior

A ex-prefeita de Itaquiraí, cidade a 404 quilômetros de Campo Grande, Sandra Cardoso Martins Cassone (MDB) ficou inelegível pelos próximos oito anos. A Câmara de Vereadores da cidade rejeitou nesta segunda-feira (02), as contas da ex-prefeita referente ao exercício de 2012, último ano do mandato da ex-prefeita.

Sandra ficou à frente do Município por dois mandatos consecutivos e agora não pode concorrer a nenhum cargo nos próximos oito anos.

As contas votadas ontem são parte constante do Processo TCE/MS – Tribunal de Contas de Mato Grosso do Sul 5634/2013, publicou o site Panorama MS. Segundo o processo, a ex-prefeita deixou despesas do exercício de 2012 sem o devido pagamento.

O conselheiro Relator Flávio Esgaib Kayatt apresentou a Deliberação 61/2018, em 14 de março de 2018 com parecer prévio favorável, com ressalva, passando a responsabilidade da decisão ao Poder Legislativo de Itaquiraí.

Jornal Midiamax