Política

Na volta do recesso, deputados aprovam férias de 13 dias para Reinaldo em agosto

Os deputados estaduais aprovaram nesta quinta-feira (1º), retorno do recesso parlamentar, o decreto legislativo 12/2019 para que o governador Reinaldo Azambuja (PSDB) saia de férias entre os dias 8 e 20 de agosto. O governador deve ficar 13 dias de férias, ausentar-se do Estado e do país, quando o vice-governador, Murilo Zauith (DEM), assumirá a […]

Evelin Cáceres Publicado em 01/08/2019, às 11h27 - Atualizado às 11h38

Retorno da sessão nesta quinta (Renata Volpe, Midiamax)
Retorno da sessão nesta quinta (Renata Volpe, Midiamax) - Retorno da sessão nesta quinta (Renata Volpe, Midiamax)

Os deputados estaduais aprovaram nesta quinta-feira (1º), retorno do recesso parlamentar, o decreto legislativo 12/2019 para que o governador Reinaldo Azambuja (PSDB) saia de férias entre os dias 8 e 20 de agosto.

O governador deve ficar 13 dias de férias, ausentar-se do Estado e do país, quando o vice-governador, Murilo Zauith (DEM), assumirá a administração estadual. O governador não informou para onde deve viajar nesses dias.

Nesta quinta-feira, os parlamentares voltaram do recesso legislativo que acontece por duas semanas no final de julho. Última sessão da semana, nove deputados não compareceram à sessão.

Para Antônio Vaz (PRB), é possível que os deputados tenham emendado o recesso para aproveitar e viajar ao interior para reestruturar os partidos para as eleições de 2020. “Acho normal. Tem que passar por essa reestruturação, senão não tem eleição no ano que vem”, comentou.

Jornal Midiamax