Política

Na abertura do ano legislativo, Reinaldo destaca ‘parceria’ e diz que cumpriu 86% das metas de 2014

O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) participou, na manhã desta segunda-feira (4), da abertura oficial da 1ª sessão legislativa de 2019, no Palácio Guaicurus, e, em seu discurso, destacou a ‘parceria’ de seu governo com a Assembleia de Mato Grosso do Sul. Antes do início dos trabalhos no plenário, o governador subiu a rampa do Palácio […]

Ludyney Moura Publicado em 04/02/2019, às 10h45 - Atualizado às 17h51

(Foto: Marcos Ermínio)
(Foto: Marcos Ermínio) - (Foto: Marcos Ermínio)

O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) participou, na manhã desta segunda-feira (4), da abertura oficial da 1ª sessão legislativa de 2019, no Palácio Guaicurus, e, em seu discurso, destacou a ‘parceria’ de seu governo com a Assembleia de Mato Grosso do Sul.

Antes do início dos trabalhos no plenário, o governador subiu a rampa do Palácio Guaicurus, em revista à tropa da Polícia Militar, e foi recebido pelos 24 deputados estaduais que tomaram posse no último dia 1º de fevereiro.

“Mesmo quando foi imprescindível tomar decisões difíceis, mas necessárias, esta Assembleia sempre voltou o seu olhar à sustentabilidade do Estado e o equilíbrio das contas públicas, sem os quais não há governabilidade e avanços possíveis”, afirmou Azambuja.

Segundo o tucano, a Assembleia sempre esteve ‘alinhada’ com o interesses dos sul-mato-grossenses, de maneira que o trabalho ‘de construção conjunta’ resultou em avanços para o Estado.

“O resultado é que as diferentes áreas do serviço público estão mais integradas e com prioridades mais claras, melhorando a cada dia a performance do Governo, mesmo com todas as restrições estabelecidas pela maior crise econômica da história Brasil”, argumentou Azambuja.

Em seu discurso, o chefe do Poder Executivo Estadual afirmou que sua gestão cumpriu 86% dos compromissos assumidos na campanha de 2014, gerando resultados que, segundo ele, garantiram um novo mandato nas urnas.

Além de fazer um agradecimento especial aos servidores públicos, Azambuja elencou alguns desafios para seu governo, como a regionalização da saúde, mais investimento em segurança, e, ainda, política de crescimento econômico sustentável.

Jornal Midiamax