Política

Com agenda em Brasília na quarta, governador elogia cem dias de Bolsonaro

Com agenda marcada em Brasília (DF) na quarta-feira (10), data em que o presidente Jair Bolsonaro (PSL) completa cem dias de gestão, o governador Reinaldo Azambuja (PSDB) saiu em defesa do Governo Federal e disse vislumbrar perspectivas positivas para Mato Grosso do Sul. “Em cem dias não dá para fazer tanta coisa como espera a […]

Danúbia Burema Publicado em 09/04/2019, às 18h27 - Atualizado às 18h28

Governador atendeu imprensa em gabinete montado no Parque de Exposições Laucídio Coelho. Foto. Daiany Albuquerque
Governador atendeu imprensa em gabinete montado no Parque de Exposições Laucídio Coelho. Foto. Daiany Albuquerque - Governador atendeu imprensa em gabinete montado no Parque de Exposições Laucídio Coelho. Foto. Daiany Albuquerque

Com agenda marcada em Brasília (DF) na quarta-feira (10), data em que o presidente Jair Bolsonaro (PSL) completa cem dias de gestão, o governador Reinaldo Azambuja (PSDB) saiu em defesa do Governo Federal e disse vislumbrar perspectivas positivas para Mato Grosso do Sul.

“Em cem dias não dá para fazer tanta coisa como espera a população, mas não tenho dúvida que muitas coisas positivas estão bem encaminhadas pelo Governo Federal e serão extremamente benéficas para Mato Grosso do Sul”, afirmou o governador na tarde desta terça-feira (9), durante atendimento à imprensa no gabinete itinerante da Expogrande, na Capital.

Na agenda em Brasília, ele irá participar do Fórum de Governadores. Segundo Reinaldo, pelo menos 20 governadores irão acompanhar marcha de prefeitos para defender pautas em comum – como as reformas e a partilha dos tributos federais com estados e municípios.

Segundo ele, é preciso acelerar a aprovação das reformas como a da Previdência “para que a gente possa ter capacidade de investimento em áreas que são prioritárias para a população como saúde, educação e geração de empregos”.

Jornal Midiamax