Política

Câmara de Dourados faz esclarecimentos sobre minuta da Prefeitura

“Na última segunda-feira, dia 09 de dezembro, recebi das mãos do Secretário de Fazenda, que estava acompanhado do Secretário de Serviços Urbanos, durante a sessão ordinária, uma minuta de projeto de lei com justificativa. Esses documentos foram encaminhados, em 11/12/19, a todos os vereadores para conhecimento”, diz um trecho da  nota divulgada pelo presidente da […]

Marcos Morandi Publicado em 12/12/2019, às 18h50

Legislativo diz que está acompanhando as reivindicações do funcionalismo. (Foto: Divulgação).
Legislativo diz que está acompanhando as reivindicações do funcionalismo. (Foto: Divulgação). - Legislativo diz que está acompanhando as reivindicações do funcionalismo. (Foto: Divulgação).

“Na última segunda-feira, dia 09 de dezembro, recebi das mãos do Secretário de Fazenda, que estava acompanhado do Secretário de Serviços Urbanos, durante a sessão ordinária, uma minuta de projeto de lei com justificativa. Esses documentos foram encaminhados, em 11/12/19, a todos os vereadores para conhecimento”, diz um trecho da  nota divulgada pelo presidente da Câmara Municipal de Dourados, Alan Guedes.

Na nota, Guedes  também esclarece que no dia 1º de novembro recebeu na presidência da Câmara Municipal, um grupo de servidores municipais de Dourados que tinham como pleito a recomposição do teto remuneratório. “Depois disso e em diversas outras oportunidades os servidores procuraram os vereadores para apresentar as motivações de seu pleito. Segundo relatos deles próprios, também o faziam junto ao Poder Executivo.Encaminharam-me um abaixo assinado com as razões dos seus pedidos, o que foi reencaminhado à todos os vereadores”.

Alan também explica, em outra parte da nota,  que “ao ser questionado pela imprensa, afirmei que a câmara municipal tem ouvido as categorias interessadas e dialogado com elas e interlocutores do poder executivo, sem ainda nenhuma questão fechada sobre o assunto e nenhuma formalização de projeto nesse sentido. Reafirmo tudo”.

Jornal Midiamax