Política

Assentado ateia fogo em terreno e acaba multado pela Polícia Ambiental

Um morador do assentamento Estrela Jaraguari, localizado proximidades da linha férrea na saída para Três Lagoas, em Campo Grande, foi multado pela PMA (Polícia Militar Ambiental) por atear fogo em uma vegetação de pastagem localizada próximo ao loca. De acordo com a PMA, a fumaça produzida pelo incêndio, que ocorreu na noite de sexta-feira (10), […]

Daiany Albuquerque Publicado em 11/05/2019, às 19h28

Fogo que começou em lixo se alastrou e atingiu cerca de meio hectare de vegetação (Foto: Divulgação PMA)
Fogo que começou em lixo se alastrou e atingiu cerca de meio hectare de vegetação (Foto: Divulgação PMA) - Fogo que começou em lixo se alastrou e atingiu cerca de meio hectare de vegetação (Foto: Divulgação PMA)

Um morador do assentamento Estrela Jaraguari, localizado proximidades da linha férrea na saída para Três Lagoas, em Campo Grande, foi multado pela PMA (Polícia Militar Ambiental) por atear fogo em uma vegetação de pastagem localizada próximo ao loca.

De acordo com a PMA, a fumaça produzida pelo incêndio, que ocorreu na noite de sexta-feira (10), teria causado riscos e prejudicado moradores de chácaras vizinhas ao assentamento. O fogo foi contido pelos próprios assentados.

Em conversa com os denunciantes, neste sábado (11), eles informaram aos policiais que era comum esse assentado colocar fogo na vegetação.

Os policiais puderam comprovar o ocorrido por meio de fotos do momento do incêndio e também sobre os resquícios que restaram do fogo, que atingiu cerca de meio hectare de vegetação.

Em conversa com o autor, ele informou que o incêndio começou quando seu filho colocou fogo em lixo que se encontrava no local, mas as chamas se alastraram. Devido ao fato, o homem foi multado em R$ 1 mil.

Jornal Midiamax