Política

A duas semanas do fim do prazo, 37% dos eleitores ainda não fizeram biometria 

Faltando duas semanas para o fim do prazo de cadastramento biométrico, 37% do eleitorado de Três Lagoas ainda não compareceu ao procedimento obrigatório, que se encerra no dia 8 de outubro. Segundo informado pelo TRE-MS (Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul), dos 67.233 eleitores do município, 42.087 atualizaram seus cadastros. O prazo para […]

Danúbia Burema Publicado em 24/09/2019, às 17h57 - Atualizado às 17h58

Cadastramento passa a ser obrigatório em municípios que passam por revisão eleitoral. (Arquivo)
Cadastramento passa a ser obrigatório em municípios que passam por revisão eleitoral. (Arquivo) - Cadastramento passa a ser obrigatório em municípios que passam por revisão eleitoral. (Arquivo)

Faltando duas semanas para o fim do prazo de cadastramento biométrico, 37% do eleitorado de Três Lagoas ainda não compareceu ao procedimento obrigatório, que se encerra no dia 8 de outubro.

Segundo informado pelo TRE-MS (Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul), dos 67.233 eleitores do município, 42.087 atualizaram seus cadastros. O prazo para comparecimento teve início no dia 3 de junho.

Quase quatro meses depois, 25.146 pessoas ainda não levaram seus documentos ao cartório eleitoral. Aqueles que não se cadastrarem para biometria poderão ter os títulos de eleitor cancelados.

Na tentativa de aumentar a adesão, o TRE-MS fará audiência pública para tratar da revisão do eleitorado. O evento será às 9h da quarta-feira (25) na Câmara Municipal e deve contar com a participação de autoridades, representantes partidários e entidades organizadas da sociedade civil.

Para a biometria, é necessário levar documento oficial de identificação com foto e comprovante de residência atualizado. Para homens maiores de 18 anos, que farão o título pela primeira vez, é necessário apresentar também comprovante de quitação militar.

Jornal Midiamax