Política

TJ convoca candidatos que se autodeclararam negros ou pardos para avaliação

Junta médica e comissão de servidores vão analisar

Jessica Benitez Publicado em 31/01/2018, às 13h40

None

Junta médica e comissão de servidores vão analisar

O TJ-MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul) convocou os candidatos que se autodeclararam negro ou pardo para verificação da condição dita, bem como os classificados que têm alguma deficiência. Todos devem passar por banca de avaliação para confirmação das informações prestadas na inscrição para concurso público da Corte.

Os 54 convocados que se autodeclaram negros ou pardos devem passar por junta médica e comissão especial formada por servidores. Eles devem se apresentar nesta quinta-feira (1º) e sexta-feira (2) no tribunal pleno do TJ-MS. Já os 27 classificados na condição de pessoa com deficiência, foram chamados para avaliação somente na sexta, no Gabinete Médico do órgão.TJ convoca candidatos que se autodeclararam negros ou pardos para avaliação

De acordo com editais do certame, os candidatos classificados que se autodeclararam pretos ou pardos, no ato da inscrição, deverão sujeitar-se à verificação da condição declarada, conforme o quesito cor ou raça utilizado pela Fundação IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), mediante processo de verificação a ser realizado pela comissão citada.

Os candidatos deverão apresentar, no dia da avaliação, o laudo médico atestando a espécie e o grau ou o nível de deficiência, bem como sua provável causa, com expressa referência ao CID ou CIF.

Jornal Midiamax