Política

Prefeito muda chefia de superintendência da Semadur

Makaron é servidor de carreira da Semadur 

Aliny Mary Dias Publicado em 19/04/2018, às 18h03 - Atualizado em 23/04/2018, às 10h44

None

Makaron é servidor de carreira da Semadur

Pouco mais de três meses depois da prefeitura de Campo Grande admitir que houve erros na nova forma de cálculo da taxa do lixo – que teve novos boletos emitidos nesta semana – o prefeito Marquinhos Trad (PSD) exonerou um dos chefes da Semadur (Secretaria Municipal do Meio Ambiente e Gestão Urbana), Elias Makaron Neto.

Makaron atuava desde o início da gestão de Marquinhos como superintendente de Fiscalização e Gestão Imobiliária, função de confiança na secretaria. O profissional é servidor de carreira da secretaria desde 1993 e voltará a desempenhar funções anteriores, sem relação com cargo de chefia.

Conforme determinação assinada nesta quarta-feira (17) pelo prefeito, Elias Makaron foi exonerado da função e será substituído por Rosemeire Aparecida Cristaldo Palmeira. A nomeação começa a valer a partir de hoje, segundo o decreto.

Prefeito muda chefia de superintendência da SemadurO ex-superintendente era um dos diretamente envolvidos com a criação da nova taxa do lixo, instituída no início deste ano pela prefeitura. O novo cálculo, embutido no IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano) 2018, gerou polêmicas e acabou sendo revogado pelo município em meados de janeiro.

A nova taxa, criada em parceria entre a Seplanfic (Secretaria de Planejamento, Finanças e Controle) e a Semadur, acabou sendo reformulada e colocada em prática novamente neste mês. Desde o início da semana a prefeitura emite os boletos para quem não pagou a taxa anterior ou fez pedido de devolução do valor pago.

Mais informações sobre os novos cálculos e cobrança da taxa do lixo podem ser conferidas neste link. 

Jornal Midiamax