Política

No RJ, Marquinhos e prefeitos pedem mais recursos da União a pré-candidatos

Prefeito da Capital está em Niterói

Aliny Mary Dias Publicado em 08/05/2018, às 14h52

None

No encontro entre prefeitos de várias cidades do Brasil e pré-candidatos à Presidência da República, a prioridade dos administradores municipais foi solicitar aos candidatos mais atenção aos repasses da União para as cidades, que diminuíram nos últimos anos.

Marquinhos Trad (PSD) participa do encontro, realizado em Niterói (RJ) e organizado pela FNP (Frente Nacional de Prefeitos). O prefeito de Campo Grande afirmou que carta foi entregue aos presidenciáveis com vários pedidos.

“Atualmente existe um gasto excessivo dos municípios com a Educação, Saúde, Segurança e outras demandas essenciais, mas o Governo Federal não faz o repasse conforme essa crescente populacional. Apresentamos aos pré-candidatos essa realidade. Diminuiu bastante o repasse da União. Neste sentido, a pauta da maioria dos prefeitos é a mesma: um apoio maior do Governo Federal com a questão dos recursos. Queremos um Brasil mais voltado aos municípios do que para Brasília”, disse o prefeito.

Dados divulgados pela assessoria de imprensa da Capital revelam que só no setor de saúde, em 2016 a diferença do que foi investido e o mínimo determinado pela Constituição correspondeu ao total arrecadado com o IPTU em todas as cidades, cerca de R$ 27 bilhões. Somente entre 2002 e 2016, a União diminuiu a participação no financiamento da Saúde de 60,6% para 43,1%.

De acordo com a FNP, foram convidados para participar do evento os pré-candidatos Rodrigo Maia (DEM), Manuela D’Ávila (PCdoB), Geraldo Alckmin (PSDB), Guilherme Afif Domingos (PSD), Marina Silva (Rede), Álvaro Dias (Podemos), Ciro Gomes (PDT), Guilherme Boulos (PSOL), Aldo Rebelo (SD), Paulo Rabello (PSC) e Henrique Meirelles (MDB).

Jornal Midiamax