Política

MP-MS nega arquivamento de inquérito sobre diárias em Câmara

O Conselho Superior do MP-MS (Ministério Público Estadual) negou o arquivamento de um inquérito que apura possíveis irregularidades no pagamento de diárias aos vereadores da Câmara Municipal de Ladário. O inquérito foi encaminhado para arquivamento pela 5ª Promotoria de Justiça de Corumbá. O pedido foi avaliado pelo conselho em reunião nesta terça-feira (24). A procuradora […]

Joaquim Padilha Publicado em 24/04/2018, às 09h32 - Atualizado às 12h40

Saiba quem são os vereadores eleitos em Ladário. (Foto: Arquivo)
Saiba quem são os vereadores eleitos em Ladário. (Foto: Arquivo) - Saiba quem são os vereadores eleitos em Ladário. (Foto: Arquivo)

O Conselho Superior do MP-MS (Ministério Público Estadual) negou o arquivamento de um inquérito que apura possíveis irregularidades no pagamento de diárias aos vereadores da Câmara Municipal de Ladário.

O inquérito foi encaminhado para arquivamento pela 5ª Promotoria de Justiça de Corumbá. O pedido foi avaliado pelo conselho em reunião nesta terça-feira (24).

A procuradora Ariadne de Fátima Cantú da Silva, relatora-conselheira do caso, votou pelo não arquivamento. A magistrada afirmou que não foram esgotadas todas as diligências sobre o caso.

As investigações foram instauradas em 2016, e tem como foco o período de pagamento de diárias de 2009 e 2010. Na época, a Câmara era presidida pelo vereador Osvalmir Nunes, o “Baguá” (PSDB).

O Jornal Midiamax tentou entrar em contato com a Câmara Municipal de Ladário, mas as ligações não foram atendidas.

Jornal Midiamax