Política

Moka garante Puccinelli ao governo e quer aliado na 2ª vaga para Senado

Senador revelou conversas adiantadas com aliados

Ludyney Moura Publicado em 16/03/2018, às 16h02

None

Senador revelou conversas adiantadas com aliados

O senador Waldemir Moka (MDB) descartou a possibilidade do ex-governador André Puccinelli ser um dos candidatos emedebistas ao Senado Federal. A afirmação aconteceu logo após a audiência pública para discussão do atraso das obras de duplicação da BR-163, na Assembleia Legislativa.

De acordo com Moka já está ‘sacramentado’ a disputa de Puccinelli ao governo do Estado, e sua tentativa de reeleição.Moka garante Puccinelli ao governo e quer aliado na 2ª vaga para Senado

Com duas vagas para o Senado em disputa, o parlamentar revela que seu partido já tem ‘conversas adiantadas’ com outras legendas, que podem figurar na aliança com MDB, e que devem indicar o segundo candidato.

O parlamentar, assim como o ministro Carlos Marun e o presidente da Assembleia, deputado Junior Mochi, são presenças certas nas caravanas organizadas pelo MDB em diversas regiões do Estado, com intuito de organizar a formatação do plano de governo de um eventual 3º mandato de Puccinelli.

Jornal Midiamax