Greve dos caminhoneiros faz DEM cancelar encontro regional em Três Lagoas

Informação foi confirmada pelo deputado federal Luiz Henrique Mandetta
| 25/05/2018
- 18:12
Greve dos caminhoneiros faz DEM cancelar encontro regional em Três Lagoas

A paralisação nacional dos caminhoneiros já afeta as articulações políticas, em Mato Grosso do Sul. Além da visita do ex-governador de São Paulo e pré-candidato à Presidência, Geraldo Alckmin, que viria à Campo Grande neste sábado (25), o encontro regional do Democratas, em Três Lagoas – distante 325 km da Capital -, também foi cancelado. A informação foi confirmada pelo deputado federal Luiz Henrique Mandetta.

Ao Jornal Midiamax, Mandetta revelou que espera que o governo do presidente Michel Temer (MDB), mesmo ‘fragilizado’ consiga tomar algumas medidas de curto prazo que possam resultar numa solução para a crise de abastecimento causada pela .

O parlamentar também cobrou formas alternativas de escoamento da produção, que não por transporte rodoviário. “As medidas de médio e longo prazo que me interessam. Porque uma concentração absurda do transporte rodoviário e uma ferrovia como essa que corta Mato Grosso do Sul abandonada é vergonhoso”, destacou Mandetta.

“Se parar o caminhão par tudo dentro do Brasil. O país optou por solução de transporte rodoviária, e é quase 100% dependente do transporte rodoviário. Temos que cobrar outros modais de transportes. Falta planejamento e gestão”, complementou.

O democrata também defendeu o enxugamento da máquina pública e questionou o monopólio do petróleo no país. “É impossível (para a população) arcar com a falência da Petrobras”, argumenta.

Veja também

Os investimentos serão feitos em obras de mobilidade urbana, pavimentação, recapeamento e outros

Últimas notícias