Política

Conselheira e ex-senadora, Marisa Serrano diz que foi ‘surpresa’ eleição de 2º turno em MS

Logo após votar na manhã deste domingo (28), na Escola Municipal Virgílio Alves de Campos, no Bairro Mata do Jacinto, em Campo Grande, a ex-senadora pelo PSDB e atual conselheira do TCE-MS (Tribunal de Contas do Estado), Marisa Serrano, se disse surpresa com o resultado do pleito de 2018. Para a conselheira, foi uma surpresa […]

Ludyney Moura Publicado em 28/10/2018, às 12h14

(Foto: Minamar Júnior)
(Foto: Minamar Júnior) - (Foto: Minamar Júnior)

Logo após votar na manhã deste domingo (28), na Escola Municipal Virgílio Alves de Campos, no Bairro Mata do Jacinto, em Campo Grande, a ex-senadora pelo PSDB e atual conselheira do TCE-MS (Tribunal de Contas do Estado), Marisa Serrano, se disse surpresa com o resultado do pleito de 2018.

Para a conselheira, foi uma surpresa o candidato do PSDB ao governo do Estado, Reinaldo Azambuja, não ter ganho no 1º turno a eleição contra o candidato do PDT, Juiz Odilon.

“Essa história de juiz fica na ideia da população, de que o título faz a pessoa. E a gente sabe que não é o título. Existem médicos bons e não bons, professores bons e não bons, acho que o título pesou muito no 1º turno. Mas, vamos ver agora”, destacou Marisa.

Ela ainda afirmou que a campanha de 2018 registrou grande quantidade de fake News, o que para ela causou uma ‘chuva de desinformação’. Para a ex-senadora, isso ‘confunde o eleitorado’, mas a não ponto de “mudar o rumo das coisas”.

Por fim, Marisa Serrano destacou que houve pouco debate de propostas entre Reinaldo e Odilon, mas muito ‘debate pessoal’ entre os candidatos.

Jornal Midiamax