Política

‘Como universitário recebendo o diploma’, diz Bolsonaro sobre reação de Moro a convite

Pelo Twitter, o presidente da República Jair Bolsonaro (PSL) divulgou nesta quinta-feira (1º) uma entrevista comentando pela primeira vez a decisão do juiz federal Sérgio Moro em aceitar o convite para o superministério da Justiça e Segurança Pública. “Recebeu [o convite] como um jovem universitário recebendo o diploma. Está com muita vontade de levar adiante […]

Evelin Cáceres Publicado em 01/11/2018, às 11h31

None

Pelo Twitter, o presidente da República Jair Bolsonaro (PSL) divulgou nesta quinta-feira (1º) uma entrevista comentando pela primeira vez a decisão do juiz federal Sérgio Moro em aceitar o convite para o superministério da Justiça e Segurança Pública.

“Recebeu [o convite] como um jovem universitário recebendo o diploma. Está com muita vontade de levar adiante sua agenda de combate à corrupção. Porque uma das coisas que mais aflige a população brasileira atualmente é a corrupção”, explicou o presidente.

Moro deverá ser chefe da Polícia Federal, já que integrará o ministério da Justiça o setor da Segurança Pública também.

Bolsonaro afirmou que ambos chegaram a um acordo. “Quem ganha é não só o governo Bolsonaro, mas o Brasil e a agenda positiva. É um nome de peso, de uma pessoa que por si só demonstrou ao povo brasileiro que é possível combater à corrupção”.

O presidente prometeu que a Operação Lava Jato não será esquecida, mas sim conduzida por outros ‘bons juízes que temos em todo o Brasil’.

Como não é da área da segurança, Moro, segundo Bolsonaro, terá ‘ampla liberdade’ para compor o segundo escalão do Ministério no setor. “Bem assessorado e com a inteligência que lhe é peculiar tomará decisões acertadas na área”.

O juiz vai abandonar sua carreira na magistratura e não deve nem se aposentar proporcionalmente. De imediato, vai tirar férias vencidas que tem e deve integrar a equipe de transição já na semana que vem.

“Com certeza é uma decisão muito difícil, mas tenho certeza que o povo brasileiro o adorará ainda mais por conta dessa decisão”.

Jornal Midiamax