Política

Bolsonaro pretende oferecer ministério ‘turbinado’ a Sergio Moro

O juiz federal Sérgio Moro e o presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL) tem reunião marcada para esta quinta-feira (1°). O encontro em questão decidirá quais funções que o juiz, a convite de novo presidente, assumirá no Ministério da Justiça. Em matéria publicada nesta quarta-feira (31) pela Folha de São Paulo, Jair Bolsonaro pretende dar uma […]

Vinícius Costa Publicado em 31/10/2018, às 17h25 - Atualizado às 17h40

None
sergio-moro.jpg

sergio-moro.jpgO juiz federal Sérgio Moro e o presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL) tem reunião marcada para esta quinta-feira (1°). O encontro em questão decidirá quais funções que o juiz, a convite de novo presidente, assumirá no Ministério da Justiça.

Em matéria publicada nesta quarta-feira (31) pela Folha de São Paulo, Jair Bolsonaro pretende dar uma versão “turbinada” a Moro. Na pasta que envolve o ministério, estarão em composição as estruturas da Justiça, Segurança Pública, Transparência e Controladoria-Geral da União e o COAF (Conselho de Controle de Atividades Financeiras).

Sergio Moro ganhou renome ao ser responsável pela Operação Lava Jato na primeira instância. Sua postura de durão foi um dos motivos para o convite ser feito.

Depois de ser eleito, Bolsonaro em entrevistas citou que desejaria ter Sergio Moro em umas das frentes, seja no Ministério da Justiça ou como ministro do STF (Superior Tribunal Federal). A escolha do nome faz jus a um dos planos do presidente eleito referente a segurança pública e combate à corrupção.

Jornal Midiamax