Política

Barbosinha não cogita assumir secretaria estadual para abrir vaga na AL

Reeleito como deputado estadual, José Carlos Barbosa, o Barbosinha (DEM), afirmou nesta quarta-feira (31) que deixar cadeira na Assembleia Legislativa para assumir uma possível secretaria do Governo do Estado não está sendo cogitado. A saída do deputado poderia abrir espaço para Mara Caseiro (PSDB), deputada que não conseguiu se reeleger e está como suplente da […]

Aliny Mary Dias Publicado em 31/10/2018, às 14h07 - Atualizado em 01/11/2018, às 08h06

None

Barbosinha não cogita assumir secretaria estadual para abrir vaga na ALReeleito como deputado estadual, José Carlos Barbosa, o Barbosinha (DEM), afirmou nesta quarta-feira (31) que deixar cadeira na Assembleia Legislativa para assumir uma possível secretaria do Governo do Estado não está sendo cogitado. A saída do deputado poderia abrir espaço para Mara Caseiro (PSDB), deputada que não conseguiu se reeleger e está como suplente da coligação tucana.

Por já ter comandado a Sejusp (Secretaria de Justiça e Segurança Pública), Barbosinha seria um dos deputados da coligação do PSDB que poderia assumir novamente secretaria para abrir espaço a Mara, que participou ativamente da campanha de reeleição de Reinaldo Azambuja (PSDB).

Ao ser questionado pela reportagem nesta quarta sobre convite do governador para ocupar secretaria, Barbosinha afastou a possibilidade.

“Não houve essa conversa nem antes e nem depois da eleição, meu desejo é continuar no mandato porque vejo que tenho mais para contribuir”. Barbosinha também destacou o trabalho do atual secretário de Segurança, Carlos Videira, como “excelente”.

Ontem, Barbosinha disse ao Jornal Midiamax que tem o “sonho” de ser prefeito de Dourados. “Precisamos resgatar a representatividade de Dourados”, disse o deputado.

Além do deputado do DEM, outros eleitos pela coligação tucana também abririam espaço para Mara Caseiro em caso de saída. Entre eles Paulo Corrêa, Onevan de Matos, Felipe Orro e Zé Teixeira.

Jornal Midiamax