Política

Após denúncia que o tornou réu, Puccinelli promete ‘ouvir mais que falar’

Puccinelli reforçou pré-candidatura

Ludyney Moura Publicado em 15/01/2018, às 14h51

None

Puccinelli reforçou pré-candidatura

Apesar de não comentar sobre o processo que o tornou réu no âmbito da Operação Lama Asfáltica, o ex-governador André Puccinelli (PMDB) já fala como pré-candidato ao governo, e afirma que o Estado precisa ‘voltar’ a desenvolver.

Em um vídeo publicado em seu perfil, o ex-governador afirmou que fará ‘andanças’ por todo o Mato Grosso do Sul, para ouvir reivindicações e necessidades da população.Após denúncia que o tornou réu, Puccinelli promete 'ouvir mais que falar'

“Aprendi, nesses anos todos, que ouvir é muito melhor que falar, vamos ouvir a você para que saibamos o que Mato Grosso do Sul necessita para voltar a se desenvolver”, disparou.

Réu

Na última sexta-feira (12), a 3 ª Vara Federal de Justiça de Mato Grosso do Sul acatou denúncia feita pelo MPF (Ministério Público Federal) contra Puccinelli e mais 12 pessoas, em virtude dos desdobramentos da Operação Lama Asfáltica.

Na denúncia, o MPF aponta indícios da prática de crimes como corrupção passiva, fraude em licitação e peculato. André chegou a ser preso em um dos desdobramentos da Lama Asfáltica, a Operação Papiros de Lama, deflagrada em novembro do ano passado.

A reportagem tentou contato com o político, porém sua assessoria informou que ele está de férias e só retorna à Capital na última semana de janeiro. 

(Colaborou Richelieu Pereira)

Jornal Midiamax