Política

Aliança com PSDB só com Puccinelli candidato, diz vereador

Vereador Loester Nunes não acredita em outra possibilidade

Richelieu Pereira Publicado em 20/03/2018, às 15h27

None

Vereador Loester Nunes não acredita em outra possibilidade

Com uma relação de amizade de mais de 30 anos com André Puccinelli, o vereador líder do MDB na Câmara de Campo Grande, Loester Nunes afirma que o correligionário só aceitaria uma parceria com o PSDB caso fosse o candidato da chapa ao Governo do Estado.

“Eu conheço o André, ele está andando no Estado todo falando como pré-candidato. Jamais teria essa possibilidade de ele desistir de uma campanha para fazer aliança com o PSDB”, disse Loester ao Jornal Midiamax nesta terça-feira (20). “O André sendo candidato pode ter aliança, não tem nenhum problema”.Aliança com PSDB só com Puccinelli candidato, diz vereador

O parlamentar acredita que qualquer acordo sem essa condição não passa de “papo furado”. “Só se o Reinaldo abdicar da candidatura e apoiar ele, aí, claro, aceitamos. De outra forma não tem”, conclui Loester, que trabalhou com Puccinelli como deputado estadual na Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul entre 1991 e 1995.

Durante agenda pública na manhã desta terça, o governador Reinaldo Azambuja (PSDB) disse que o partido “conversa com todos os partidos”, e que aceitaria uma coligação “desde que esteja dentro do eixo do que entendemos como panorama”, mas as conversações estão a cargo da liderança regional tucana.

(Foto: Izaias Medeiros/CMCG)

Jornal Midiamax