Política

Aliado de ex-prefeito é nomeado para cargo no governo com salário de R$ 10,4 mil

Advogado foi secretário Municipal de Juventude na gestão de Bernal

Joaquim Padilha Publicado em 07/06/2018, às 08h41 - Atualizado às 18h08

None

Semanas antes do início da campanha eleitoral, o ex-secretário Municipal de Juventude de Campo Grande, Wilton Edgar Sá e Silva Acosta, foi nomeado nesta quinta-feira (7) para um cargo no governo do Estado, por decreto assinado pelo governador Reinaldo Azambuja (PSDB).

Segundo a publicação, Wilton irá ocupar um cargo de direção e assessoramento na Segov (Secretaria de Estado de Governo), com DGA-1, o que garante ao servidor comissionado um rendimento mensal de até R$ 10,4 mil, caso receba o total de  gratificação pela função.

Wilton ocupou o posto de secretário durante a gestão do ex-prefeito da capital, Alcides Bernal (PP). O advogado chegou a defender o ex-prefeito em uma ação contra a Câmara Municipal.

Em março deste ano, o aliado de Bernal foi excluído da OAB/MS (Ordem dos Advogados do Brasil/Seção de MS). Na época, o órgão afirmou que Wilton teria infringido o Código de Ética da Ordem.

Além de ter advogado em favor de Bernal, Wilton é advogado do PP, filiado ao partido. Nas últimas eleições municipais, o advogado se candidatou ao cargo de vereador em Campo Grande, enquanto em 2014 tentou o cargo de senador federal, sempre pelo PP.

Jornal Midiamax