Política

Trump diz que atriz Meryl Streep é “superestimada”

Zombou durante a campanha 

Diego Alves Publicado em 09/01/2017, às 22h28

None
2017-01-09t135919z_1_lynxmped080xp_rtroptp_2_usa-trump.jpg.cf_1.jpg

Zombou durante a campanha 

Em mensagem postada hoje (9) no Twitter, o presidente eleito dos Estados Unidos, Donald Trump, disse que a atriz Meryl Streepo é "superestimada". A afirmação de Trump é uma resposta ao discurso da atriz que, ao receber ontem (8), em Los Angeles, no estado da Califórnia, o prêmio Cecil B DeMille, do Globo de Ouro, pelo conjunto de sua obra, criticou a postura do presidente eleito. Segundo ela, Trump zombou durante a campanha eleitoral de um repórter deficiente físico que cobria as eleições para o jornal The New York Times.

Meryl Streep disse na cerimônia que "quando esse instinto de humilhar é incorporado por alguém poderoso no espaço público, isso se reflete na vida de todos, porque dá, de certa forma, permissão a outras pessoas para fazerem o mesmo". Em seguida, a atriz  ressaltou a diversidade de origens dos atores de Hollywood. "Se você mandar todos eles embora, não vamos ter nada para assistir a não ser futebol e artes marciais, o que não é bem arte".

Trump inicialmente falou ao The New York Times, pelo telefone, ridicularizando Streep como uma "amante de Hillary" e negando que ele tinha zombado do repórter: "As pessoas continuam dizendo que eu pretendia zombar da deficiência física do repórter, como se Meryl Streep e outros pudessem ler minha mente, e eu não fiz nada disso".
Trump postou mensagem no Twitter dizendo que Meryl Streep é uma das "atrizes mais superestimadas de Hollywood", e acrescentou: "Ela é uma lacaia de Hillary [Clinton], que perdeu feio".

Jornal Midiamax