Sindicatos esperam 10 mil nas ruas de Dourados contra reformas

Comércio deverá fechar as portas para o protesto.
| 28/04/2017
- 18:56
Sindicatos esperam 10 mil nas ruas de Dourados contra reformas

Comércio deverá fechar as portas para o .

O Comitê Regional de Defesa Popular (CRDP) que está organizando a Geral em protestos as reformas do Governo espera um público de dez mil pessoas no ato público que acontecerá a partir das 15h. O palco está sendo montado na Avenida Marcelino Pires no cruzamento com a Rua Hayel Bon Faker.

         O presidente do Sindicato dos Bancários Ronaldo Ferreira Ramos, que integra o CRDP, afirmou que o movimento acredita que os comerciantes devam fechar as portas a partir das 15h conforme acertado em reunião com as entidades representativas do comércio.

         Desde o início da amanhã as agências bancarias estão fechadas e a população teve que recorrer aos caixas eletrônicos dos supermercados. O transporte coletivo está funcionando precariamente já que metade dos ônibus deixou de circular.

         Os enfermeiros do Hospital da Vida no início da manhã protestaram contra as reformas e por melhores salários e condições de trabalho na instituição que é mantida pela Prefeitura. Os servidores do Hemocentro estão protestando no trabalho usando roupas pretas simbolizando o luto pelas reformas.·.

         Além dos bancos as escolas das redes municipal e estadual também não funcionam hoje. O Sindicato dos Professores (SIMTED) está preparando uma passeata que sairá da sede da entidade até o palco dos protestos montado no centro da cidade.

         

Veja também

Deputados federais foram acionados para emitir opinião e o espaço para as opiniões continua aberto

Últimas notícias