Servidores temem que mudança na previdência reduza salários

Sindjus diz que aumenta de alíquota vai reduzir em 2% salário de servidores
| 21/02/2017
- 19:42
Servidores temem que mudança na previdência reduza salários

Sindjus diz que aumenta de alíquota vai reduzir em 2% salário de servidores

O governo ainda não anunciou as reformas que pretende implementar na previdência estadual, mas as mudanças preocupam representantes dos servidores que temem diminuição no salário.

O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) chegou a anunciar que o Estado estuda aumentar o percentual da alíquota de contribuição dos servidores, que atualmente é de 11% para 14%, o que ainda não está definido.

Para o presidente do Sindjus (Sindicato dos Servidores do Poder Judiciário de MS), Fabiano Reis, um dos coordenadores do Fórum de Servidores, o aumento pode significar em uma diminuição em torno de 2% do salário de todo o funcionalismo público.  

“Precisamos debater em todo o Estado, porque afeta a vida de todos os servidores. Entregaremos um ofício ao governador requerendo informações detalhadas sobre a situação financeira da Agência Previdenciária de Mato Grosso do Sul”, disse Fabiano, que usou a tribuna na Assembleia Legislativa para solicitar apoio dos deputados.

A sessão foi suspensa para que o sindicalista usasse a tribuna, mas no momento de sua fala apenas os quatro deputados petistas, Pedro Kemp, Amarildo Cruz, João Grandão e Cabo Almi, além de Herculano Borges (SD) e Renato Câmara (PMDB) permaneceram no plenário.

“Esta reforma prevista pelo Estado não salvará as finanças. Ao aumentar a alíquota da Previdência, fazer demissões, fechar as Agências Fazendárias e reduzir o número de Secretarias, o Executivo atinge diretamente os cidadãos sul-mato-grossenses”, ponderou Amarildo. 

Veja também

O ex-prefeito de Campo Grande, Marquinhos Trad (LSD), oficializou sua candidatura junto ao TSE (Tribunal...

Últimas notícias