Política

Rocha mantém nomes, e nomeia procurador jurídico e ex-vereador

Onze nomeados para cargos de chefia já trabalham na Câmara

Joaquim Padilha Publicado em 06/01/2017, às 12h03

Presidente da Câmara Municipal, João Rocha (PSDB), à esquerda, com o vereador Chiquinho Telles (PSD), líder do prefeito na Câmara. (Foto: Divulgação, Arquivo).
Presidente da Câmara Municipal, João Rocha (PSDB), à esquerda, com o vereador Chiquinho Telles (PSD), líder do prefeito na Câmara. (Foto: Divulgação, Arquivo). - Presidente da Câmara Municipal, João Rocha (PSDB), à esquerda, com o vereador Chiquinho Telles (PSD), líder do prefeito na Câmara. (Foto: Divulgação, Arquivo).

Onze nomeados para cargos de chefia já trabalham na Câmara

O presidente da Câmara Municipal de Campo Grande, vereador Prof. João Rocha (PSDB) nomeou nesta sexta-feira (6) o novo procurador jurídico da Casa de Leis, além de onze servidores comissionados para cargos de chefia e coordenação para o novo mandato legislativo. Grande parte já é servidor da Câmara, e alguns só foram trocados de posto.

Para o cargo em comissão de procurador jurídico foi nomeado o advogado criminalista Luiz Gustavo Lazzari, que já foi professor colaborador vinculado à Universidade Federal de Mato Grosso do Sul e assessor jurídico de desembargador do TJ-MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul). 

O ex-vereador de Campo Grande pelo PT entre 2001-2004, Pércio Andrade Filho assume cargo de secretário Geral de Administração e Finanças na Câmara. Ele já tinha retornado à Casa como assessor parlamentar, no início de dezembro de 2016.

Já a aposentada Rosíris Fátima Barbeta foi nomeado para o cargo comissionado de diretora do Departamento de Administração Geral, cargo que exerce desde outubro de 2015. Ela recebeu, em 2014, o Título de Cidadã-Campo Grandense da Câmara, por indicação do próprio vereador João Rocha.

Servidor na Câmara Municipal há mais de 25 anos, Ronaldo Garcia Pereira foi nomeado com o cargo de diretor do Departamento de Finanças e Contabilidade, que também já exercia.

O servidor Gilson Eduardo Yamaki foi outro dos que foi mantido em cargo já exercido. Ele foi nomeado como diretor do Departamento de Documentação e Protocolo, para o qual foi admitido ao fim de 2015.

O antigo secretário Geral de Administração e Finanças da Câmara,  Luis Sérgio Vieira Dias, foi nomeado como diretor da Escola do Legislativo. Ele ocupará o lugar de Marcos Weder Mattioli Sousa, que assumirá o posto de Coordenador de Eventos.

Foram mantidos também em seus postos os servidores comissionados:

Antonio José Faustino – Coordenador de Patrimônio e Manutenção
Jorge Nakkoud – Coordenador Geral de Licitações 
Marcílio de Souza Silva – Coordenador Geral de Cerimônia e Relações Públicas
Rosane Mara Pessoa Taveira – Coordenadora de Contratos e Convênios

(sob supervisão de Ludyney Moura)

Jornal Midiamax