Deputados ‘estranham’ votação de projetos que beneficiam MPE e Defensoria

Sessão foi suspensa em busca de consenso dos deputados
| 26/04/2017
- 17:58
Deputados ‘estranham’ votação de projetos que beneficiam MPE e Defensoria

Sessão foi suspensa em busca de consenso dos deputados

No dia em que a Assembleia deve analisar, em 2ª votação os projetos que preveem o uso dos Fundos de Desenvolvimento do MPE-MS (Ministério Público Estadual) e Defensoria Pública, alguns deputados da base aliada estranham as matérias na pauta da sessão desta quarta-feira (26).

“Eu prefiro não comentar (o projeto)”, foi a resposta de pelo menos três deputados da base governistas que revelaram terem sido pegos surpresa com a votação das matérias.

O líder do PT na Casa, deputado João Grandão, revelou que um acordo de liderança feito com o presidente da Assembleia, Junior Mochi (PMDB), garantiu a votação dos projetos na sessão de hoje.

Flávio Kayatt (PSDB) e Pedro Kemp (PT) alegaram ser favoráveis ao projeto sob a justificativa deque os Poderes tem autonomia, e que a mudança não vai onerar o Estado.

Para Beto Pereira (PSDB), também favorável, o voto sim está ligado à uma promessa das duas instituições de trabalharem para redução das taxas cartorárias em Mato Gross do Sul.

Outro deputado ouvido pela reportagem revelou que existem colegas dispostos a votarem não ao projeto, mas temem a reação tanto do MPE-MS quanto da Defensoria

Mochi suspendeu a sessão para que os deputados possam chegar a um consenso sobre os dois projetos. 

Veja também

Últimas notícias